MATÉRIA DO PC3ES NO SITE DA PREFEITURA DE VILA VELHA.

Publicado: 18 de Dezembro de 2013

Alunos são premiados por práticas sustentáveis de consumo de energia
Estudantes da Umef Edson Tavares ganharam tablets por práticas inteligentes de consumo de energia elétrica
Alunos e professores da Unidade Municipal de Ensino Fundamental (Umef) Edson Tavares de Souza, em Ilha dos Bentos, foram premiados pela Agência de Serviços Públicos de Energia do Espírito Santo (Aspe) e pela Oscip Colorir, por conta das ações de sustentabilidade desenvolvidas pelo grupo na escola durante o Programa Consumo Eficiente de Energia Elétrica nas Escolas, ou simplesmente PC3 ES Sustentável.

Os seis alunos que mais economizaram energia elétrica em casa ganharam tablets e a professora Ediene Rodrigues, que apresentou a melhor prática pedagógica em prol da sustentabilidade, ganhou um notebook. Além dos prêmios, todos os professores receberam certificados de participação no programa.

A pequena Ana Júlia Teixeira Franco, de 7 anos, aluna do 2º ano da escola, mudou os hábitos famíliares de consumo de energia na sua casa. A mãe, Ana Paula, disse que os banhos foram reduzidos, o número de aparelhos de televisão ligados foram diminuídos. " Nós tomávamos banhos muito demorados, sempre na temperatura mais quente. Também passamos a usar apenas uma televisão, a da sala, ao invés das três, uma em cada quarto. Além de melhorar a saúde e nos aproximar mais, ainda conseguimos uma redução de aproximadamente R$ 30 reais nas contas de energia", disse.

A escola, dirigida pela diretora Solange Guzzo, também reduziu significativamente o consumo de energia, embora ainda não tendo sido mensurado esta redução. Foram 407 alunos envolvidos no projeto e 50 profissionais, entre professores, coordenadores e pedagogos. 

A Umef Edson Tavares participou do projeto com outras quatro escolas: três de Serra e uma de Fundão.

Como funcionou - O Programa aconteceu durante todo o ano na unidade por intermédio de ações lúdicas que ensinaram às crianças a utilizarem a energia elétrica de forma consciente e responsável. Piloto na unidade de Ilha dos Bentos, o projeto procurou sensibilizar alunos, profissionais da escola e comunidade do entorno, para que eles atuem como agentes multiplicadores com relação ao uso de energia, de forma a evitar a desperdícios, impactos ambientais e prejuízos econômicos.

O programa esteve atrelado aos trabalhos que já são realizados pelos profissionais da escola com a temática da sustentabilidade. A coordenadora do projeto na Secretaria de Educação, Silvania de Souza Silva, disse que as ações que visam estimular os alunos a evitar ações que promovam o desperdício já é uma questão de hábito nas escolas de Vila Velha e que pequenas mudanças no dia a dia dos alunos e seus familiares podem torná-los multiplicadores conscientes nas questões energéticas.

“O projeto foi de grande significado para toda a comunidade escolar, pois pode contribuir para formar uma cultura de uso sustentável para o consumo de energia e outros recursos naturais, transformando nosso mundo. E a educação é a única forma de conscientização de crianças, jovens e adultos”, disse o diretor presidente da Oscip Colorir Criando Valores - José Eugênio Castro Fernandes.

A escola não teve nenhum ônus com o desenvolvimento do projeto. Todas as ações e premiações foram custeadas por uma empresa patrocinadora.

Compartilhe: